X

Diário da Região

25/03/2018 - 00h00min

Nova Granada

Onde mora a hospitalidade

Conhecida como 'Cidade Hospitaleira', Nova Granada chega aos 92 anos de emancipação dona de um forte crescimento econômico

Conhecida como "Cidade Hospitaleira", pelo carinho com que recebe os visitantes, Nova Granada comemorou na última quinta-feira, 22, 92 anos de emancipação político-administrativa.

A cidade tem uma população estimada em 21 mil habitantes, de acordo com projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e apresenta uma taxa de crescimento nesta década de 9,5% (em 2010, a população somava 19.180, de acordo com o Censo). A densidade demográfica estimada do município é de 39,6 habitantes por quilômetro quadrado, contra 36,06 em 2010.

Segundo projeções da Fundação Seade, o universo da primeira infância (0 a 5 anos de idade) corresponde a 5,9% da população. Considerando infância e adolescência (dos 6 aos 14 anos), este universos é de 11,8% da população. Os jovens (entre 15 e 24 anos) somam 15,0%. Praticamente metade da população (51,6%) está na fase adulta, entre 25 e 59 anos de idade, sendo que a maior concentração populacional está entre os 25 e 39 anos (sozinha, esta faixa representa 25,7% de toda a população do município). A terceira idade (com 60 anos ou mais), representa 15,5% do total.

O quadro indica a tendência de inversão da pirâmide etária, com aumento da população nas camadas de mais idade e estreitamento nas faixas da infância e juventude. O cenário é consistente com o que se verifica em todo o Estado de São Paulo.

O estudo revela ainda uma ligeira predominância do público masculino em relação ao feminino. Os homens representam 50,2% da população e as mulheres, 49,8%.

Economia

A economia do município demonstra forte crescimento, de acordo com números do IBGE. O produto interno bruto (PIB) do município em cinco anos crescimento de 62,7%, saindo de R$ 209,7 milhões em 2010 para R$ 341,3 milhões em 2015, último dado divulgado pelo órgão.

O setor de Serviços, que inclui o comércio local, responde pela metade da capacidade do município em gerar riquezas, detendo 50,7% do PIB naquele ano (somou R$ 173,1 milhões) Em cinco anos, sua participação no montante da economia municipal aumentou 7,7 pontos percentuais. Em 2010, o setor respondia por 43% do PIB local.

A administração pública é a segunda força geradora de recursos para o município, com R$ 69,4 milhões (20,3% do total). A Agropecuária é atividade expressiva em Nova Granada, contribuindo com 16,2% do total, ou R$ 55,3 milhões, seguida pela indústria, com R$ 23,2 milhões (6,8% do total). Os impostos e tributos renderam R$ 20,2 milhões, respondendo por 5,9% do total.

Em 2015, o PIB per capita, que é o valor do produto interno bruto, dividido pela quantidade de habitantes do município, ficou em R$ 16.478,64, valor 50,6% superior ao de 2010 (R$ 10.936,79).

Trabalho

O mercado de trabalho em Nova Granada encerrou o ano de 2017 com 2.955 postos com carteira profissional assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Somente no ano passado, o município gerou 143 empregos formais. Em toda a cidade, há 1.244 estabelecimentos empregados.

Dentre os setores listados pelo Caged, a agropecuária respondeu pelo maior número de empregos no município: 774 postos de trabalho em 549 estabelecimentos, seguido pelo comércio (700 postos em 266 estabelecimentos), Serviços (674 postos em 326 empregadores) e administração pública (546 postos em 2 empregadores). A indústria contemplava 182 empregos em 56 empregadores e a a construção civil, 55 postos em 39 locais.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso