X

Diário da Região

01/04/2018 - 00h00min

DENTES BRILHANDO

Você escova os dentes de seu cão com frequência?

Oito em cada dez cães apresentam infecções na gengiva

Mara Sousa 23/3/2018 O cão Rathi, da raça shih tzu: escovações frequentes para garantir a saúde dos dentes
O cão Rathi, da raça shih tzu: escovações frequentes para garantir a saúde dos dentes

Você escova os dentes do seu cão com frequência? Se a resposta for negativa, é bom você rever sua posição como tutor, principalmente se ele for de pequeno porte ou idoso. A falta de higienização dos dentes causa doença periodental - um dos problemas mais recorrentes da prática veterinária. Segundo dados da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (ABOV), oito em cada dez cães apresentam infecções na gengiva. E um levantamento da American Veterinary Dental Society (AVDS) mostra que cerca de 80% dos pets precisam de tratamentos dentários após os quatro anos de idade.

Por conta das bactérias formadoras do tártaro, os animais apresentam mau hálito, doença periodontal e podem até perder os dentes. Além disso, o tártaro em contato com a gengiva pode provocar inflamações e sangramentos. As bactérias da boca entram na corrente sanguínea, podendo causar doenças em outros órgãos como rins, coração, fígado e pulmões.

Um estudo do Centro de Nutrição e Bem-Estar animal Waltham, na Inglaterra, concluiu que esses animais correm um risco maior de desenvolver a periodontite. Apesar de a doença atingir os dentes do seu cão, todo o corpo fica suscetível a complicações. Fígado, coração e articulações são os órgãos mais afetados. "Normalmente os proprietários dos pets deixam de fazer a higiene oral por falta de tempo", explica a veterinária Fabiana Zerbini, da Virbac do Brasil.

O problema é progressivo, ou seja, tende a piorar com o tempo. "É difícil regredir uma doença periodontal, principalmente porque as pessoas não sabem que ela existe. Como os humanos, os animais também acumulam placa bacteriana e isso uma série de problemas desde dor moderada, perda dos dentes e até uma infecção mais grave", diz a veterinária Laís Alarça.

Escovações regulares são melhores que nada. Caso não consiga manter a escovação todos os dias, é indicado pelo menos três vezes por semana. Nesse caso, utilize outras formas de limpeza dental. "Existem no mercado produtos como tiras e comprimidos mastigáveis que eliminam o mau hálito e ajudam no controle da placa. Ofereça brinquedos que ajudam a limpar os dentes como os ossinhos e bolinhas de borracha. Se você não conseguir escovar os dentes do cão, pode colocar a pasta em brinquedos como bolinhas, por exemplo", explica a veterinária Juliana Gabarron.

Há algumas formas de prevenir essas doenças e devem ser feitas em conjunto. Uma é levando o animal ao consultório para limpeza de tártaro a cada seis meses e a outra pode ser escovar os dentes dos cães. Outra é fornecer alimentos que possuem ingredientes que auxiliem na redução do acumulo de tártaro, como hexametafosfatos ou tripolifosfatos.

O bê-a-bá da escovação canina

Stock Images/Divulgação Imagem para matéria de cães com dentes brilhantes
Imagem para matéria de cães com dentes brilhantes

Consulte um veterinário - Antes de iniciar os cuidados com a saúde oral, é importante consultar um especialista. Ele vai examinar seu cão e sugerir o melhor programa para manter a boca do seu cão sempre saudável.

A prática leva à perfeição - O cão precisa se acostumar com a escovação, portanto, o dono tem que ter paciência e deve falar palavras de incentivo, dar carinho e agrados para o pet se sentir à vontade e colaborar com a ação.

Quanto mais cedo, melhor - A partir dos dois meses, deve-se cuidar da saúde bucal do pet mesmo com os dentes de leite, assim ele já se acostumará ao longo do crescimento.

Use escovas apropriadas - As escovas de dente precisam ser especiais. Para evitar danos nas gengivas do pet, o ideal é usar uma escova apropriada ou uma dedeira. O veterinário pode indicar a escova mais adequada para seu cão.

Use somente pasta especifica para eles - Nada de usar sua própria pasta de dentes, pois estas contém muito flúor e sabão, o que pode prejudicar a saúde dos cães. Procure uma pasta de uso veterinário. Existem também algumas opções com sabor para estimular a escovação.

Recompense o animal - Brinque ou leve-o para passear depois de uma escovação realizada com sucesso.

Fonte: Fabiana Zerbini, veterinária

Fique atento aos sinais

Os primeiros sinais de problemas dentários nos cães são quase imperceptíveis. O mau hálito é um dele. "Outro sintoma importante é a gengiva inflamada, que se tratada com agilidade, pode ser estagnada.

Abra a boca do seu pet e verifique os estados dos dentes, se possível, faça essa primeira análise com o médico veterinário da sua confiança", explica a veterinária Laís Alarça. Muito embora seja um problema pouco comentado, a doença pode ser grave se não for diagnosticada com rapidez. "Quando o animal não recebe esse atendimento, pode ocorrer perda dos tecidos de sustentação dos dentes, o que gera a perda dos dentes, seguida de dor ao mastigar e até tomar água", diz.

Além disso, a endocardite bacteriana, também causada pelas infecções bucais, pode ocasionar problemas em órgãos importantes como fígado, rins e pulmões. "A infecção generalizada, que atinge os animais no último estágio da doença, pode ser fatal", conclui. 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso