Diário da Região

02/06/2018 - 00h30min

SAÚDE

Método Self-Healing ensina a maximizar as chances de autocura do corpo

Método desenvolvido por Meir Schneider promove bons resultados tanto na promoção da saúde quanto na recuperação e reversão de patologias como esclerose múltipla, osteoporose, artrite e problemas de visão

Mara Sousa 30/5/2018 Luciana Vera Crepaldi coloca em prática o método por meio de técnicas como respiração, massagem, movimento, visualização e desenvolvimento da consciência corporal com as adeptas Amabile Guioto, Lurdinha Crepaldi e Maria Fernanda
Luciana Vera Crepaldi coloca em prática o método por meio de técnicas como respiração, massagem, movimento, visualização e desenvolvimento da consciência corporal com as adeptas Amabile Guioto, Lurdinha Crepaldi e Maria Fernanda

Se você passar pela Represa Municipal, próximo ao Ambulatório Médico de Especialidades (AME), e ver um grupo de pessoas fazendo exercícios de desenvolvimento da consciência corporal e respiração adequada, não estranhe. Trata-se de uma turma que está colocando em prática um método terapêutico desenvolvido pelo ucraniano Meir Schneider, que na infância, foi declarado como cego pelos médicos, mas conseguiu reverter seu quadro com a aplicação da sua técnica.

Trata-se do método Self-Healing Autocura, que consiste em uma técnica de trabalho corporal e visual que potencializa a capacidade inata do corpo de se regenerar e manter seu equilíbrio. A estudante Amabile Guioto, de 17 anos, é uma das praticantes. Desde o início de 2018, ela inclui o método na sua rotina diária para tratar dores de cabeça e comemora os resultados. "Teve uma melhora muito grande."

Além de atuar no problema físico, a técnica tem trazido benefícios emocionais a jovem. "Eu sofro com ansiedade durante o período de provas. A técnica me ajudou a controlar a respiração. Está me fazendo muito bem mentalmente." O que ela aprende com a terapeuta, ela repete em casa com a mãe Grasielle, que é estudante universitária. "Ele sentia muitas dores nas costas por causa de uma hérnia. Agora também está sentindo alívio."

A psicóloga Luciana Vera Crepaldi, terapeuta em formação do método Self-Healing, é a profissional em Rio Preto que ensina a técnica. "O método ajuda a desenvolver uma consciência de nós, do nosso corpo e lembrar que ele tem uma capacidade fantástica de se autorregular e se regenerar. Dessa forma, a pessoa se torna agente principal de sua recuperação e ou prevenção das boas condições de saúde."

A técnica, desenvolvida desde os anos 1970, ensina o paciente a minimizar as perdas e potencializar os recursos do seu corpo que estão sadios ou adormecidos. Luciana afirma que por meio dos princípios de relaxamento, consciência, novos padrões e integração, os recursos podem ser ensinados ao paciente, ou aplicados pelo terapeuta habilitado, como técnicas de massagem regenerativa dos tecidos ou automassagem, sempre combinados com exercícios ativos, passivos e respiratórios.

A fisioterapeuta Denise Cunha Franchi Peixoto, de Campinas, é também especialista no método. Ela conta que o sucesso do programa depende de cada paciente. O terapeuta é apenas um facilitador do processo de autoconhecimento, autodescoberta e autocura das pessoas. Juntos, eles irão descobrir caminhos e traçar um programa de exercícios, massagens e recomendações. O paciente tem que ter flexibilidade para mudar padrões físicos e mentais e também manter a regularidade dos exercícios.

Denise explica que também utiliza a técnica em seu benefício. Ela foi diagnosticada com miopia aos três anos. Ao colocar em prática o método, ela já conseguiu diminuir alguns graus. No entanto, ela conta que para conseguir sucesso, ela passou por vários processos evolutivos. "Com a técnica trabalhamos o autoconhecimento. Porque é preciso ir trás da causa emocional do problema, da doença.

A profissional de Campinas conta que uma de suas pacientes teve sucesso com o método. "Bordadeira, ela foi diagnosticada com Degeneração macular, que hoje uma das principais causas de perda de visão no mundo todo. Ela chegou bem desanimada na clínica, principalmente porque passou por procedimentos desnecessários e errados, o que a fez desenvolver glaucoma. Depois de várias sessões para entender os problemas, conseguimos dar qualidade de vida a ela e acabar com uma nuvem, sombra na visão, que era uma grande reclamação dela."

No site dos educadores brasileiros credenciados pela School for Self-Healing, www.selfhealingbrasil.com.br, os especialistas revelam que o método não é um tratamento alternativo, pois não substitui nenhum tratamento médico, oftalmológico e fisioterápico, seja ele medicamentoso ou cirúrgico. Não é feito diagnóstico, apenas avaliação da postura e do movimento segundo os parâmetros do Self-Healing.

Meir Schneider desembarca no Brasil

Divulgação Scheider nasceu quase cego e recuperou a sua visão
Scheider nasceu quase cego e recuperou a sua visão

Meir Schneider, criador do método Self-Healing, nasceu com graves alterações visuais: estrabismo, catarata, astigmatismo, glaucoma e nistagmo. Após várias cirurgias sem sucesso, ele foi declarado cego e alfabetizado em braile.

Na adolescência, conheceu dois professores que ensinaram alguns exercícios para os olhos como o método do oftalmologista William Bates de estimulação da visão, começou a fazê-los e a partir deles criou novos exercícios tanto para os olhos quanto para o corpo todo. Os princípios que descobriu enquanto trabalhava seus olhos formaram a base do método Self-Healing.

Autor dos livros Movimento para a Autocura - Self-Healing: Um Recurso Essencial para a Saúde e Manual de Autocura - MétodoSelf-Healing, ele viaja o mundo para divulgar o método. O ucraniano desembarcará no Brasil em julho para promover workshops, atendimentos particulares e palestras.

As atividades serão realizadas nas cidades de São Paulo, Rio Claro, Taubaté, Volta Redonda e Santos. A programação completa pode ser acessada no site www.selfhealingbrasil.com.br.

Agente da recuperação ou da prevenção

Com a prática constante das técnicas de respiração, massagem, movimento e desenvolvimento da consciência corporal é possível ativar as vias neurais criando melhores condições para o funcionamento fisiológico. A psicóloga Luciana Vera Crepaldi afirma que melhorando a respiração as pessoas têm menos ansiedade e estresse. Na massagem, elas percebem um relaxamento, fortalecimento muscular e melhor circulação. Já com o movimento é possível ativar músculos pouco utilizados. Quanto mais consciência corporal melhor serão realizados os movimentos para o alívio de dores.

Neste cenário, o método Self-Healing Autocura melhora respiração, ansiedade e estresse, circulação, dores agudas e crônicas, assim como maior consciência corporal com a ativação e fortalecimento dos músculos pouco utilizados e melhor visão. "O profissional pode atender individualmente na clínica ou se preciso em domicílio. Já o trabalho em grupo pode ser em salas amplas ou ao ar livre, como parques e praças. Desde a primeira sessão a pessoa já sente melhora, com mais consciência corporal e relaxamento. Cada caso deve ser avaliado separadamente. Não existe um protocolo padrão, mas sim um tratamento específico para cada indivíduo."

Todos podem se beneficiar da técnica, desde uma pessoa saudável que queira conhecer melhor seu corpo e prevenir doenças, até alguém que tenha um diagnóstico de uma patologia. "O método tem se mostrado muito eficaz na recuperação e reversão de um bom número de patologias, como esclerose múltipla, problemas de coluna, atrofias e distrofias musculares, osteoporose, artrite e artrose, problemas de visão, entre outros. O método vem se destacando também na recuperação e na prevenção das chamadas doenças ósteo-musculares relacionadas ao trabalho (DORT), com seus exercícios de quebra de padrão de movimento", afirma Luciana.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso