Diário da Região

    • -
    • máx min
05/07/2018 - 00h30min

POLIOMIELITE

Baixa vacinação contra a pólio põe 8 cidades em alerta

Baixa cobertura vacinal abre espaço para o vírus circular e eleva risco de epidemia

Arquivo Especialistas afirmam que a imunização é fundamental, pois assim não há espaço para o vírus circular
Especialistas afirmam que a imunização é fundamental, pois assim não há espaço para o vírus circular

Oito cidades da região estão em alerta por causa da baixa cobertura vacinal contra poliomielite entre crianças de até um ano (veja ao lado). Elas estão com índices inferiores a 50%, quando o ideal é que seja de 95%. O comunicado foi emitido pelo Ministério da Saúde, que verificou que mais 304 municípios enfrentam o problema. A poliomielite causa paralisia infantil e está erradicada no Brasil desde 1990. Em Rio Preto, a cobertura até maio estava em 98,8%, mas em 2017 foi de 89,6%.

Mônica Levi, presidente da comissão técnica da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), considera a situação um retrocesso. "O risco de a doença ser reintroduzida surge quando algum lugar tem um bolsão de crianças sem proteção. Se a maioria estiver vacinada, não há espaço para o vírus circular."

A doença é transmitida de pessoa para pessoa por meio do contato da boca com fezes. As crianças mais novas são as mais suscetíveis. A doença também é disseminada pela contaminação de água e alimentos com fezes, além das gotículas ao falar, tossir e espirrar.

As Prefeituras

Geraldo de Azevedo, secretário de Saúde de Santa Albertina, disse que vai verificar se os índices do Ministério estão corretos. Ana Paula Moreira de Paula, enfermeira de Riolândia, diz que o município colocou mais profissionais na sala de vacina e intensificou o trabalho dos agentes de saúde. Marcia Rubio, de Ilha Solteira, garante que o dado oficial não corresponde aos índices locais, que seriam superiores a 85%.

Milena Munique de Almeida, enfermeira responsável técnica de Marinópolis, garante que não há criança sem tomar a vacina e que o problema está no sistema do Ministério. Já a Secretaria de Saúde de Guapiaçu informou que as crianças sendo vacinadas e que o sistema deve estar com defeito. Leise Melo, diretora da atenção básica de Ouroeste, afirmou que a cobertura está em 90,5%. A Saúde de São João das Duas Pontes informou que os dados divulgados pelo governo não correspondem à realidade. Josiana Esteves de Jesus, enfermeira de Novo Horizonte, disse que o município tem intensificado as estratégias de cobertura vacinal.

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que cabe aos Estados e municípios manter o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) atualizado para que a pasta tenha a real situação das coberturas das vacinas ofertadas.

Cidades

Índices de cobertura

  • Santa Albertina - 4,71%
  • Riolândia - 17,78%
  • Ilha Solteira - 23,34%
  • Marinópolis - 25%
  • Guapiaçu - 26,72%
  • Ouroeste - 35,61%
  • São João das Duas Pontes - 46,67%
  • Novo Horizonte - 47,27%

As doses contra pólio devem ser administradas aos dois, quatro e seis meses de vida e reforçadas nas campanhas anuais até os 5 anos de idade

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso