Diário da Região

09/09/2018 - 00h30min

CARIBE

Em reforma para as visitas

Para provar que está superando as dificuldades, rede hoteleira de ilhas caribenhas oferece desconto de até 40%

Paulo Moreira/Agência O Globo Vista geral de um complexo de lojas e parte da Baía de Marigot. 
No alto, o Fort Louis
Vista geral de um complexo de lojas e parte da Baía de Marigot. No alto, o Fort Louis

Explorar St. Martin/St. Maarten é ir de encontro às diferenças. O limite entre o lado francês e o holandês é marcado apenas pela presença de um obelisco. Na verdade, não existe uma fronteira física delimitando territórios, e o visitante pode circular livremente nos dois trechos da ilha. A distinção começa pela língua. O inglês, apesar de falado em ambos os lados, é mais usado na porção holandesa. Em St. Martin, prevalece mesmo o francês.

Suas duas capitais se completam. A parte francesa tem a charmosa Marigot, com restaurantes sofisticados e hotéis com acomodações de alto padrão. Em Philipsburg, capital do território da Holanda, destacam-se o aeroporto, o porto onde atracam grandes embarcações, as lojas de luxo, os cassinos e, por extensão, a vida noturna mais agitada. Do aeroporto até Marigot, para se ter uma ideia, são apenas cinco quilômetros, ou dez minutos de carro.

Boa parte da magia do lugar está na mistura das culturas francesa e holandesa, com uma boa dose do jeito caribenho de ser. Isso pode ser percebido no padrão europeu de serviços, com atrações para todos os tipos de viajantes, especialmente para aqueles que procuram lugar paradisíaco, hospedagem confortável e gastronomia requintada. Tudo isso num ambiente seguro, outra marca dos países que governam este pedacinho do paraíso no Caribe.

Em cada ponto por onde se anda na ilha, não importa se na parte holandesa ou francesa, a imagem é de renascimento. Não é difícil imaginar que, na próxima alta temporada, as praias com suas grandes faixas de areia branca e mar caribenho estarão novamente cheias de turistas. Na orla, os bares retomam seus serviços, assim como os resorts, hotéis e restaurantes. Pelo visto, bons ventos voltam finalmente a soprar na ilha.

De fato, a força do Irma provocou um imenso estrago na rede hoteleira, que hoje se apressa em voltar à ativa. Há uma variedade grande de opções na ilha, com preços de diárias que variam muito na baixa e na alta temporada. Vale observar. Uma parte da rede já está pronta para receber, e outra planeja voltar a receber turistas em novembro.

Para atrair visitantes e mostrar que a ilha está superando as dificuldades, alguns hotéis chegam a oferecer desconto de 40% nas reservas. É o caso do Sonesta Ocean Point e do Sonesta Maho Beach Resort, Casino & Spa, no lado holandês, com reabertura para novembro e fevereiro de 2019, respectivamente. As obras estão em ritmo acelerado. Com a mesma pressa, reergue-se o luxuoso Belmond La Samanna, em Baie Longue, cujo valor de diária na alta temporada (Natal ou réveillon) sai pela "bagatela" de US$ 11 mil. Só falta estar 100% pronto.

Aéreas na corrida

Entre as opções de hospedagem estão também villas com casas confortáveis e vistas de tirar o fôlego. É o caso da já reformada Villa Giselle, no alto de uma encosta, em Terres Basses, com capacidade para até dez hóspedes e janelas para uma bela paisagem. No meio dessa paisagem, uma curiosidade: uma casa amarela conhecida como Château des Palmiers, na beira da praia, chama a atenção. O dono? O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Na mesma linha, companhias aéreas aceleram seus processos para restabelecer pelo menos 75% das 35 conexões diretas com St. Martin que havia antes da passagem do Irma. As companhias aéreas KLM, Copa Airlines e Air France lideram esta volta na alta temporada.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso