Diário da Região

09/09/2018 - 00h30min

CARIBE

Histórias de piratas

Ilha de Pinel e praias quase desertas atraem visitantes dos quatro cantos do planeta

Paulo Moreira/Agência O Globo Banhistas aproveitam a tranquila Ilha de Pinel
Banhistas aproveitam a tranquila Ilha de Pinel

Com apenas 87km² e mais de 30 praias, é fácil conhecer St. Martin/St. Maarten de carro ou em passeios de barco. Um dos programas mais populares é a Ilha de Pinel, que leva o nome de um pirata francês que desfrutou das belezas da região em suas passagens pelo Caribe.

Chega-se lá em passeios de barco como os oferecidos de lancha pelo capitão Matt. No passeio, Matt serpenteia a costa de St. Martin, com direito a parada em Anse Marcel, Baie Longue, Creole Rock e na Ilha de Tintamarre, onde o mergulho com snorkel num trecho de praia isolado é obrigatório, com peixes nadando entre as pernas dos banhistas.

Outra opção para Pinel sai do cais de Grand Cul-de-Sac, de onde partem barcos em curtas travessias. O local possui estacionamento para quem estiver de carro. A pequena ilha tem uma praia principal, muito calma, onde os barcos chegam. É uma ótima opção, mas vale ir além. Uma caminhada revela as belezas de um local pouco explorado e leva a imaginação ao tempo dos corsários - a expectativa de descobrir um tesouro escondido é diversão à parte.

Na volta, uma sugestão é o restaurante Karibuni, que finaliza os serviços com um prato de frutas de dar água na boca.

E, por falar em paradas, sugerimos para a lista a Creole Rock, uma enorme formação rochosa que é considerada um dos melhores lugares para mergulhar. A barreira de corais garante uma grande variedade de vida marinha para quem for visitar o local.

Outros lugares também devem entrar na lista do visitante, como a orla de Philipsburg, que fica do lado holandês da ilha. Lá, a Front Street concentra joalherias e lojas de grifes famosas, eletrônicos, perfumarias e outras que aproveitam o porto onde os cruzeiros param para ganhar o status de duty free.

Outro ponto imperdível é a Boardwalk da orla de Great Bay, onde restaurantes, cassinos e lojas fazem a festa dos turistas. Dentre várias outras atrações, a Courthouse, o histórico tribunal na Watney Square, é um marco à parte da cidade. Construído em 1793 para ser a casa do Comandante John Philips, o fundador da cidade, o prédio já foi usado como quartel de bombeiros, central dos correios e até prisão. Imperdível para quem gosta de história local.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso