Diário da Região

09/10/2018 - 08h47min

SAIBA MAIS

Após vazamento, Google+ ficará fechado por 10 meses

Oficialmente, a Google afirma que suspenderá o acesso à sua rede social a fim de "revisar de perto todas as APIs associadas" a ela

Pixabay A Google anunciou que esse encerramento será temporário
A Google anunciou que esse encerramento será temporário

A Google anunciou nessa segunda-feira, 8, que encerrará temporariamente as atividades do Google+ durante 10 meses. O comunicado é feito após um jornal revelar que dados pessoais de 500 mil usuários ficaram expostos na plataforma entre 2015 e 2018, inclusive com a Gigante da Web mantendo privada essa informação por receio de que ela “causasse danos à reputação” da empresa.

Oficialmente, a Google afirma que suspenderá o acesso à sua rede social a fim de “revisar de perto todas as APIs associadas” a ela. A ação é parte do Project Strobe, programa de revisão geral de todo o acesso de terceiros a perfis de usuários dos serviços Google e do Android por meio de APIs.

Foi justamente durante essa revisão que a empresa descobriu uma falha em uma API em março de 2018. Ela permitia que apps desenvolvidos por terceiros que rodavam dentro do Google+ poderiam acessar informações pessoais dos perfis de usuários, mesmo aquelas marcadas como privadas (e que, portanto, não deveriam ser vistas por ninguém).

Apesar de garantir que não há qualquer evidência de que algum desenvolvedor explorou essa brecha, a Google resolveu agir e suspendeu o serviço a fim de reavaliar todas as suas defesas.

A empresa justifica essa decisão de uma maneira bem simples: a baixa adesão do público à sua rede social. Segundo dados publicados hoje, 90% dos acessos ao Google+ duram menos de cinco segundos, indicando que a sensação de que a plataforma é um imenso deserto é, na verdade, um fato.

Além disso, a Google anunciou que está limitando os dados de usuários que podem ser acessados por terceiros e também renovando os controles de segurança para dar mais controle a cada um que compartilha as suas informações nos serviços da empresa.

Assim, se você era um dos 10% dos usuários que gastava mais de cinco segundos em uma sessão, será preciso aguardar um tempo até que tudo seja reestabelecido. Será que, após esses 10 meses de reclusão, a Google+ tem alguma chance de crescer e ameaçar alguma de suas rivais? Só o tempo dirá.

Informações do site TecMundo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso